Domingo, 22 de Abril de 2007

Ela se olhou no espelho - estava embaçado, ela estava com medo.

De repente ela percebeu traços estranhos em seu próprio rosto, haviam buracos profundos nas bochechas, um de cada lado; as maçãs estavam salientes, amassando os olhos já tão pequenos. E nos olhos haviam pequenas lágrimas mareadas e apertadas.

O rosto toda parecia enrugar-se, como que levantando-se. Era uma coisa totalmente inusitada.

Ela passava as mãos pela face, num misto de desespero e confusão.

Quando o espelho enfim desenbaçou, ela compreendeu o porque de tanta estranheza de sua parte pela expressão desfigurada que seu rosto assumia:

Estava sorrindo - de felicidade.

E com isso, não estava acostumada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(E parecia que agora era pra valer, ia virar rotina e ela teria que ralar muito no espelho para se acostumar com a nova cara da sua cara.)

 

- valeu quem me deu as dicas de correção :)



publicado por Juliana Correia às 00:04 | link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De Larii a 22 de Abril de 2007 às 00:36
Me vi nessa mulher quinta-feria para sexta-feira! =x
Será que ela pode se acostumar com as novas feições dela?! espero que sim..
Eu nem preciso comentar que amei esse texto, todos na verdade são maravilhosos e cada vez melhores tb. ;DD
Esta tudo muito perfeito! =DD
e OH, to adorando o exorcismo, ok?!
entendeu amor?!

ti amooo ;*


De Larii a 22 de Abril de 2007 às 00:38
Me vi nessa mulher quinta-feria para sexta-feira! =x
Será que ela pode se acostumar com as novas feições dela?! espero que sim..
Eu nem preciso comentar que amei esse texto, todos na verdade são maravilhosos e cada vez melhores tb. ;DD
Esta tudo muito perfeito! =DD
e OH, to adorando o exorcismo, ok?!
entendeu amor?!

ti amooo ;*


De Mila a 22 de Abril de 2007 às 00:44
Posso dizer? Que você escreve bem, não é novidade alguma, mas na minha opinião foi o melhor texto que já li por aqui! Simplesmente perfeito!

(Quero ver nosso poema aqui viu?! =P)

Beijossssssssssss


De Vinicius a 22 de Abril de 2007 às 00:57
eu nao to conseguindo entender muito os textos que ando lendo, mas deixa eu ver se entendi.. (rs)

a mulher, acostumada a estar sempre triste, achou estranho se olhar no espelho e ve que estava sorrindo? É mais ou menos isso? aiuhauhiau serio, eu fiquei meio lerdo com esse texto. Ficou parecendo o curta que o Caco apresentou la na faculdade essa semana, nao sei se voce viu. O nome do longa era: "que merda que eu sou". Quando eu li esse texto, venho a mesma sensaçao que eu senti quando eu vi o curta dele.

Se eu nao entendi direito, c me explica direitinho no msn. Te adoro =*


De Haiane Ferreira a 22 de Abril de 2007 às 19:09
Uaaaaaaaau!!
Adoreeeeeeeeeeei!!
A mulher que vivia triste, depressiva e melancolica tomando um novo rumo em sua vida!
O destino da felicidade!
=D

Você deveria pegar alguma matéria em psicologia :p
Hehehehehehe
=********


De rafael.coala a 23 de Abril de 2007 às 01:19
eu gostei do seu texto
e n toh falando isso por medo de tomar bronca não!!
mas eu n sei o que comentar
minha tarde exigiu muito de mim



De Laís a 23 de Abril de 2007 às 01:49
Que coisa mais linda!!!!! vc é demais Ju!!
beijossss


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

inferno astral

Descortinado

A arte do impossível.

Pouso.

Nanquim.

Brigitte Bardot

Sapatilhas.

Não é assim que a banda t...

Vulnerabilidade

História musicada auto-ex...

arquivos

Setembro 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds