Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

Porque fez isso comigo?

E tudo fez perdido.

Meu castelo, outrora abrigo

Hoje é pura solidão.

 

Essa dor doeu mais forte.

Dor digna de morte

Mais profunda que fundo corte

De faca ou facão.

 

Num espasmo de loucura

Sem possibilidade de cura

Você deixou a nossa vida escura

E acendeu a traição.

 

No meu castelo sozinha

Sei que sem você sou mais rainha

(me vejo mais, me entendo melhor, me amo)

Mesmo com dor, tendo sido largada, trocada, humilhada - coitadinha

Sei que há recuperação.

 



publicado por Juliana Correia às 20:35 | link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De Mila a 20 de Abril de 2007 às 21:37
E viva o vinho!
Está lindo Juju.

Parabéns poetaaaaaaa

Beijossssssssssss


De Piu a 20 de Abril de 2007 às 22:40
Concordo MESMO.
Tá muito lindo juli, esse povinho que eu gosto demais me deixa tão orgulhosa.
^^


eu me amo e sou correspondida!rs


De Luis a 21 de Abril de 2007 às 02:01
tem tanta coisa bonita do lado de fora do castelo.. por que você não sai pra ver?


De Vinicius a 22 de Abril de 2007 às 01:00
me ensina depois?


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

inferno astral

Descortinado

A arte do impossível.

Pouso.

Nanquim.

Brigitte Bardot

Sapatilhas.

Não é assim que a banda t...

Vulnerabilidade

História musicada auto-ex...

arquivos

Setembro 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds