Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Os olhos vêem

O coração sente

E toda concepção se faz neste instante e disto reflexo

permanentemente.

 

As coisas em si são como são

mas cada olhar apontará uma direção

de alguns cairão lágrimas, outros bilharão com profusão

o "olhar dentro e através" da coisa é construído de emoção.

 

Aceite pontos de vista

pois cativar olhares é uma conquista

já que cada um é o que é e traz em si a perspectiva

e sobre isto julga tudo que aparece e se explica.

 

Dai advém a multiplicidade

sou o que sou, e o que sou me leva a ver de tal maneira

cada um sendo uma singular história, tem sua própria possibilidade.

e com os olhos diante do mundo, digo:

- vê com o melhor da tua lucidez e da criatividade

condiciona os olhos a irem além do que julgam realidade

e enxerga de tudo o âmago da existência e mortalidade, pois

só assim, dará aos teus olhos luz e sentido com verdade.


música Beatles - All you need is love

publicado por Juliana Correia às 20:45 | link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Vinicius a 3 de Maio de 2008 às 15:19
E você tem coragem de me dizer que não estava conseguindo escrever. Nunca mais fale uma coisa dessa, porque eu não consigo viver sem ler os seus lindos versos, que pulsam da sua mente e de um coração lindo que você tem.

Eu não gostei tanto do final que você empregou, talvez pela forma com a qual você estava construindo ele, não sei explicar direito. Porém essa estrofe:

"Aceite pontos de vista
pois cativar olhares é uma conquista
já que cada um é o que é e traz em si a perspectiva
e sobre isto julga tudo que aparece e se explica."

maravilhoso! beijos!


De arthur costa a 5 de Maio de 2008 às 21:07
O fato de ser não dá para negar...
Vejo e sinto sem mentiras pra mim.
Estou aqui!


De Luis a 7 de Maio de 2008 às 20:49
All you need is love,
all you need is love,
All you need is love,
love,
love is all you need.


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

inferno astral

Descortinado

A arte do impossível.

Pouso.

Nanquim.

Brigitte Bardot

Sapatilhas.

Não é assim que a banda t...

Vulnerabilidade

História musicada auto-ex...

arquivos

Setembro 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds