Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Eu digo não para você

Digo não para o seu corpo todo esculpido em horas na academia

Digo não e você não crê

Acha que não desejar você é ousadia.

 

Me desculpe ; sem ofensas

Mas eu preciso é de um companheiro

daqueles que cuidam; são vivas e altruístas oferendas

daqueles que tem espírito, espirituosidade - tempero

 

gosto de quem tem a oferecer

- seja em charme, inteligência, conhecimento

gosto de quem vem pra acrescentar e transcencer

de quem admira o mar, a nuvem, o passar devagar do tempo.

 

eu digo não para a sua barriga de tanquinho

porque não é ela que vai ser meu abrigo pra dormir

eu digo não para seu carro zerinho

porque você não valoriza o que adquiri (me incluo aqui)

 

eu digo não para o seu muque

porque não é ele que vai me proteger dos meus medos infantis

eu digo não para o seu corpo de incrível hulk

porque me interessa muito mais o que seu cerébro diz

 

eu digo não para a sua preocupação em ostentar

porque o que de fato interessa é invisível

eu te digo não, sem hesitar

porque seus olhos não me dizem o indizível.

 

eu digo não, mas não é nada pessoal

é que companheiro pra mim é de conversa, proteção, coração, amizade

o que eu procuro é gente fina, bem humorada, com potencial

me desculpem sua fôrma, sua pele, seus musculos - mas eu procuro alma de verdade.

 



publicado por Juliana Correia às 02:29 | link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Mila a 3 de Janeiro de 2008 às 04:19
eu quero homens de verdade e não esses que estão soltos por ai! texto divino. =*********


De Vinicius a 3 de Janeiro de 2008 às 14:44
obrigado pelo primeiro texto do ano!
que maneira linda de soltar as ideias e deixa-las fluir em forma de versos


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

inferno astral

Descortinado

A arte do impossível.

Pouso.

Nanquim.

Brigitte Bardot

Sapatilhas.

Não é assim que a banda t...

Vulnerabilidade

História musicada auto-ex...

arquivos

Setembro 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds