Quarta-feira, 1 de Agosto de 2007

É preciso resistir. Essa propriedade de nome díficil, é fácil de explicar e complicada de aplicar. É na verdade um termo da física para denominar a propriedade de elastecer e voltar ao tamanho original de alguns materias.

Mas e aonde isso entra? O que isso tem a ver?

No campo das relações humanas, chama-se de resiliente quem vai até o fundo do poço e volta - ainda assim - para continuar a vida.  Não é isso assim, ao pé da letra que se encaixa aqui. Não sou nenhum exemplo máximo de resiliência, no fundo do meu poço nunca teve uma mola etc. Mas sempre tive aqueles amigos que estenderam o braço e fizeram uma força pra diminuir o tamanho do meu buraco. Sempre tive um misto de vergonha na cara e racionalidade para ver o que se podia e o que não se podia fazer, mas muitas vezes não tive auto controle para evitar. Normal portanto, algum arrependimento.

Mas em si, o orgulho de mim mesma predomina. Eu futuco a ferida em carne viva - assumo. Penso, repenso, considero, reconsidero...eu preciso de clareza. Preciso sim ter certezas. Para tomar a minha posição, para saber o que eu preciso fazer para que o sorriso permaneça no meu rosto.

E hoje, em especial hoje, eu tô muito orgulhosa dessa menina que acordou com a cara amassada de misto de noite mal dormida com lágrimas, se entupiu de uma coragem que sempre vem (sabe se Deus daonde, mas nunca falha..) e foi encarar o desconhecido que lhe dava medo, mesmo ainda estando frágil e se sentindo sozinha.

Que a resiliência não seja meu forte, que eu esteja triste, que eu chore e que eu seja assim (sendo bom ou não) e não disfarçe o jeito que eu me sinto em "tô bem, tudo legal" quando assim não me sinto, ninguém precisa sentir culpa pelo meu mal estar - mas que ainda assim, eu me orgulhe dessas pequenas coisas que fazem eu me sentir uma grande pessoa...

 



publicado por Juliana Correia às 16:04 | link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Mila a 1 de Agosto de 2007 às 16:22
Belíssimo! Palmas...
Lindo o texto e da pra sentir que vem do fundo da sua alma ;)
Toda felicidade e sorte nessa nova etapa da sua vida Ju, você merece!

Beijos


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

inferno astral

Descortinado

A arte do impossível.

Pouso.

Nanquim.

Brigitte Bardot

Sapatilhas.

Não é assim que a banda t...

Vulnerabilidade

História musicada auto-ex...

arquivos

Setembro 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds